Página Principal
Empresa Produtos Qualidade Contato Português English Español
Português English Español
Reservatório de Ar
Os reservatórios de ar podem atuar como amortecedor de pulsação e separador de condensados. Armazenamento de ar comprimido para suprir o sistema em picos de consumo ou evitar oscilações de pressão na rede estabilizando a distribuição de ar.

Esse produto é aplicado para regular o ciclo carga/alívio dos compressores e realizar as funções como: compensação de flutuações na pressão, dreno e tratamento do ar comprimido que alimenta os atuadores de comutação rápida. Mais informações ou opções sob projeto consulte nosso departamento técnico, clique aqui!

RESERVATÓRIO DE AR • PADRÃO AÇO CARBONO • 200 BAR
DESENHO
CÓD. VOL. ØA B PESO PRESSÃO
RE-A-01 25 235 760 30 200 BAR
RE-A-02 30 235 890 34 200 BAR
RE-A-03 30 267 715 38 200 BAR
RE-A-04 40 267 895 45 200 BAR
RE-A-05 40 273 910 50 200 BAR
RE-A-06 50 323 800 55 200 BAR
RE-A-07 57 323 890 60 200 BAR
RE-A-08 62 323 920 63 200 BAR
RE-A-09 80 323 1250 80 200 BAR
RE-A-10 100 323 1460 100 200 BAR
RE-A-11 63 356 840 65 200 BAR
RE-A-12 65 356 870 69 200 BAR
RE-A-13 69 356 920 71 200 BAR
RE-A-14 82 356 1050 83 200 BAR
RE-A-15 100 356 1250 101 200 BAR
Imagem Ilustrativa. Principais Caracteríticas. Dimensões (mm), Volumes (litros) e Pesos (kg).
Acumulador Bexiga
Acumulador Membrana
Acumulador Pistão
Bexiga
Bloco de Segurança
Carregador Nitrogênio
Kit de Vedação
Válvulas de Fluído
Peças de Reposição
Skids
Cilindros GNV
Reteste GNV
Cilindros Gases do Ar
Cilindros Cloro
Cilindros CO²
Cilindros Amostradores
Potes Instrumentação
Reservatório de Ar
Vasos de Pressão
Visite Nosso Canal!

Materiais: ASTM A106, AISI 304L/316L, ASTM A335 (P11 e P22) e ligas especiais Dimensões Máximas: Ø 406mm, Esp. 28mm e Comp. 2000mm.
Tudo Sobre ACUMULADORES
Introdução, tipos, aplicações...
Revestimentos Especiais
Poliamida 11, níquel químico...
Cilgastech na Mídia
Nossas campanhas, prêmios...
Tudo Sobre GNV
Orientações gerais, cuidados...
Controle de Qualidade
Teste hidrostático, NR-13...
CRCC Petrobrás
Qualidade para vencer desafios...
TODOS OS DIREITOS RESERVADOS. TERMOS DE USO DO WEBSITE
Assessoria em Marketing • Comunicação ON e OFF

Desempenho, durabilidade e resistência para vencer qualquer desafio! A Cilgastech é formada por um corpo técnico de profissionais com mais de 20 anos de experiência no mercado de engenharia de alta pressão e estamos localizados na cidade de Sumaré - SP, região metropolitana de Campinas e um dos principais pólos industriais do país. Contamos também com uma base comercial em Barueri - SP que oferece atendimento especializado em acumuladores hidráulicos e hidropneumáticos. Nossa tecnologia e mão-de-obra é 100% brasileira, possuímos certificação ISO 9001:2008 e INMETRO. Em 2011 iniciamos os processos de normatização para buscar as séries ISO 14000 e ISO 18000. Amplas instalações e equipamentos de ponta para atender as normas de fabricação ISO 9809-I, ISO 11439, NBR 12790, NBR 12791 entre outras. Qualificação e treinamento de mão-de-obra são nossas constantes. A Cilgastech é especializada na fabricação, reforma e manutenção de acumuladores dos tipos: bexiga, membrana e pistão. Abraçadeiras, bexigas ou balão reservatório, blocos de segurança para bloqueio e descarga, carregadores de nitrogênio N², suportes, válvulas de fluído, vedações e skids para acumuladores. Cilindros amostradores, potes para instrumentação nos modelos condensação, gás e selagem, reservatórios de ar e vasos de pressão. Cilindros para gases industriais (co², cloro e gases do ar) e gás natural (GNV). Reteste de cilindros de gás natural - GNV para autos e estações fixas. O principal diferencial da linha de produtos Cilgastech é o processo de fabricação que elimina o uso de soldas oferecendo menor prazo de entrega e maior competitividade de custo, pois eliminamos antigos ensaios e testes laboratoriais de alto custo. É realizado o teste hidrostático em toda nossa linha de produtos de acordo com sua norma técnica, classe de pressão e aplicação. Preparamos nossos produtos para enfrentar os ambientes mais extremos de trabalho com segurança, durabilidade e resistência. Entre nossos parceiros atendemos alguns dos principais forncedores da Petrobrás, que também é nosso cliente. Fácil manutenção e acesso a serviços posteriores são outras vantagens da linha Cilgastech. O perfil de clientes que buscamos são empresas que necessitam e/ou desenvolvem projetos de alta pressão, hidráulico ou hidropneumático em sua planta fabril ou para terceiros. Temos soluções para os segmentos de mercado automobilístico, borracha, cerâmica, energia, metal-mecânica, mineração, naval, petróleo, petroquímico, plástico, offshore, etc. Qualidade com foco em Sustentabilidade Política da Qualidade • Investir e fazer uso de novas tecnologias para aprimorar os processos de fabricação com foco no desempenho do produto e satisfação do cliente. Objetivos da Qualidade • Integração da cadeia produtiva e suporte técnico especializado; • Produzir e comercializar produtos de qualidade; • Investir na capacitação de mão-de-obra; • Inovar para acompanhar as necessidades do mercado; Política Ambiental • Promover e incentivar o uso consciente dos recursos naturais com ações de sutentabilidade como: coleta seletiva e reciclagem. Incentivo ao uso do gás natural GNV como fonte de combustível para reduzir as emissões de gases no planeta. Política da Saúde e Segurança • Desenvolvimento de programas para prevenção de acidentes no trabalho e doenças ocupacionais. EPI de uso obrigatório de acordo com a função e setor fabril. Missão - Alcançar a satisfação plena do cliente comercializando produtos e serviços de alta qualidade com foco no atendimento e suporte técnico personalizado em conformidade com norma de fabricação, classe de pressão e aplicação do produto. Principíos • Transparência na forma de fazer negócios. • Valorizar o ser humano. • Ser sustentável. • Buscar sempre pela qualidade. • Inovação tecnológica. • Segurança. Tudo Sobre Acumuladores Os acumuladores operam conforme a Lei dos Gases (Boyle), a pressão varia inversamente com o volume, quando a pressão se eleva, o gás é comprimido e o líquido absorvido imediatamente devolvendo ao sistema o volume na pressão calculada, quando necessário. Nos sistemas hidráulicos e hidropneumáticos existem 3 tipos de acumuladores à gás: • Acumulador Bexiga • Acumulador Membrana • Acumulador Pistão Existem várias aplicações para os acumuladores, uma das principais é receber o fluído sob pressão num determinado volume e fornecer este mesmo volume de volta para o sistema quando necessário. Com o fluído sob pressão todo acumulador é tratado como um vaso de pressão e precisa estar dimensionado para a pressão máxima de trabalho conforme o padrão de aceitação do país onde opera. Algumas aplicações dos acumuladores: Armazenar energia, operações de emergência, atenuação de golpes mecânicos, compensação de perdas com dreno, atenuação de pulsação, recuperação de energia de frenagem, compensação de vazão (vaso de expansão), reserva de fluído, compensação de força, oscilações do sistema, suspensão em veículos e pressão constante. Recomendamos a instalação do acumulador acoplado em um bloco de segurança que exerce duas funções principais. Garantir segurança ao circuito caso aconteça algum pico de pressão que ultrapasse a margem de segurança do acumulador e o isolamento do circuito para procedimentos de manutenção ou executar leituras de pré-carga. O sistema deve ser desligado e despressurizado antes de qualquer procedimento. É importante fazer a leitura de pré-carga nos intervalos recomendados de acordo com o projeto e realizar o teste hidrostático nos intervalos determinados para garantir as condições de segurança do acumulador. Alerta de problemas com a pré-carga do acumulador: Pré-Carga Excessiva: O excesso de pré-carga de nitrogênio não causa problema ou dano operacional no acumulador de bexiga ou pistão. Mais faz com que o acumulador deixe de executar sua função no circuito e pode causar danos no sistema de acordo com a aplicação do acumulador. Pré-Carga Baixa: Uma pré-carga menor que a estipulada em projeto pode danificar a bexiga/membrana, reduzir sua durabilidade ou levar a seu rompimento imediato. Em acumuladores de pistão, contribuir diretamente para choques do êmbolo contra a tampa. Nunca use oxigênio! Não importa o modelo do acumulador. Encontre a parceria ideal para fabricação, reforma e manutenção de acumuladores hidráulicos e hidropenumáticos, projetos desenvolvidos na medida certa para atender sua necessidade. Revestimentos Especiais Resistência e durabilidade extra para enfrentar ambientes altamente corrosivos. Os revestimentos especiais preparam o acumulador para situações de imersão na água doce, salgada, maresia, produtos químicos ou outras necessidades do projeto. Poliamida 11 Suas propriedades físicas se aproximam à dos metais como resistência à tração entre 400 - 600 kg/cm2. A principal vantagem é seu coeficiente de atrito baixo que elimina o uso de lubrificantes em peças submetidas a atritos. Leve, fácil moldagem e ótima resistência quimíca e a temperaturas de trabalho até 1200ºC. A poliamida 11 recobre peças metálicas pelo sistema de sinterização em leito fluidificado, conhecido popularmente pelo nome de rilsanização (Rilsan é uma marca comercial de poliamida 11). A poliamida é um material higroscópico, absorve água em porcentagens variáveis, isto faz com que suas propriedades mecânicas diminuam, aumenta o volume porque sofre inchamentos. O reforço com fibra de vidro é uma solução prática para esse problema melhorando as propriedades mecânicas e diminuindo o risco de variações de volume por inchamentos. Níquel Químico (NQ) Revestimento comum para proteção de equipamentos aplicados na exploração de petróleo em águas profundas. O processo de revestimento é autocatalitico, ligas de níquel-fósforo se depositam no metal sem utilizar correntes elétricas o resultado é uma camada extremamente uniforme. O revistimento de níquel químico deve seguir a norma de conformidade ISO 4527, para alcançar um desempenho melhor é necessário considerar a influência do tipo de substrato, espessura da camada depositada, teor de fósforo, idade do banho, tratamento térmico e teores dos seguintes contaminantes: enxofre, chumbo, magnésio, cobre, ferro e manganês. Tudo Sobre Gás Natural - GNV GNV é a sigla de Gás Natural Veicular, ou seja, é o gás natural utilizado em veículos automotores. Ele é o mesmo gás canalizado utilizado em residências, comércio e indústria, porém armazenado e transportado sob alta pressão em cilindros especiais, alimentando o motor do veículo. Existem aproximadamente 35.000 veículos no Estado de São Paulo, em sua maioria táxis, veículos de transporte alternativo, frotas cativas de empresas e particulares que são convertidos de seu combustível original (gasolina ou álcool) para permitir o uso do GNV, tornando assim o veículo bi-combustível. O GNV é armazenado em cilindros sob alta pressão (200 bar ou 200 kgf/cm²) e pode ser utilizado como combustível alternativo em qualquer veículo movido a gasolina ou álcool, com carburador ou sistema de injeção eletrônica. Ele é diferente do o GLP (Gás Liquefeito de Petróleo) em vários aspectos, a começar pela sua composição. O GNV é composto basicamente por metano, enquanto o GLP é composto por propano e butano. O GNV é normalmente armazenado sob alta pressão na forma gasosa; já o GLP (também conhecido como gás de botijão) é armazenado na forma líquida e sob pressões muito inferiores. Isso tem impacto grande na maior segurança proporcionada na utilização do GNV. Além disso, o uso do GLP é proibido para fins automotivos. Fonte: www.defenda-se.inf.br Tudo Sobre Gás Natural - GNV GNV é a sigla de Gás Natural Veicular, ou seja, é o gás natural utilizado em veículos automotores. Ele é o mesmo gás canalizado utilizado em residências, comércio e indústria, porém armazenado e transportado sob alta pressão em cilindros especiais, alimentando o motor do veículo. Existem aproximadamente 35.000 veículos no Estado de São Paulo, em sua maioria táxis, veículos de transporte alternativo, frotas cativas de empresas e particulares que são convertidos de seu combustível original (gasolina ou álcool) para permitir o uso do GNV, tornando assim o veículo bi-combustível. O GNV é armazenado em cilindros sob alta pressão (200 bar ou 200 kgf/cm²) e pode ser utilizado como combustível alternativo em qualquer veículo movido a gasolina ou álcool, com carburador ou sistema de injeção eletrônica. Ele é diferente do o GLP (Gás Liquefeito de Petróleo) em vários aspectos, a começar pela sua composição. O GNV é composto basicamente por metano, enquanto o GLP é composto por propano e butano. O GNV é normalmente armazenado sob alta pressão na forma gasosa; já o GLP (também conhecido como gás de botijão) é armazenado na forma líquida e sob pressões muito inferiores. Isso tem impacto grande na maior segurança proporcionada na utilização do GNV. Além disso, o uso do GLP é proibido para fins automotivos. Fonte: www.defenda-se.inf.br Problemas comuns que podem ocorrer no dia-a-dia. Dificuldade em dar a partida com GNV quando o veículo está frio? Caso seu veículo apresente esse problema ligue o motor com o combustível original, espere o motor atingir sua temperatura ideal de trabalho e passe para o GNV. A chave comutadora não mantém a posição no gás (GNV)? Verifique se o sinal no fio antena enrolado no cabo de vela está fraco ou aponta para o negativo da bobina. Caso este não seja o problema, o fusível pode estar queimado e/ou o fio terra não aterrado. Mistura de combustíveis ao reverter a chave comutadora para gás? O problema pode estar na válvula solenóide defeituosa e/ou no emulador de bico(s). Consumo excessivo? As causas deste defeito podem ser falhas nas conexões, o elemento filtrante, regulagem de controle a emissão de gases ou no ponto de ignição. Verifique estas peças e procure uma oficina homologada pelo INMETRO. Clique aqui para encontrar uma oficina perto de você! Cuidados básicos com o GNV para evitar acidentes. Cuidados na Conversão • Só converta seu veículo em oficinas homologadas pelo Inmetro. • Exija da convertedora, nota fiscal e certificado de homologação • do Inmetro para fazer o registro de conversão no Detran. • Procure o selo de conformidade com a marca INMETRO no cilindro. • Este selo atesta que o cilindro é apropriado para armazenagem de GNV. • O selo é verde e tem um número sequencial e um número de licença, • os dados do fabricante e a data de fabricação do cilindro. • Confirme que o cilindro é feito de aço especial, de alta resistência para • GNV (NBR-12790 ou ISO 4705) e está fixado com suportes adequados. • Não permita, jamais, soldas no cilindro, pois este será um ponto sem • resistência, com sérios riscos de ruptura e vazamento do gás. • Não aceite peças usadas, cilindros recondicionados ou desconhecidos. • Na instalação, exija tubos de aço. • Faça as revisões do kit e cilindro em oficinas homologadas pelo Inmetro. Cuidados no Abastecimento • Ao abastecer desligue o motor e aparelhos eletrônicos. • O motorista e os passageiros devem sair do veículo. • Exija que o veículo seja sempre aterrado. • Apague os faróis. • Acione o freie do veículo. • Não fume. • Certifique-se de que a mangueira de abastecimento de GNV • foi desconectada antes de arrancar. • A pressão de abastecimento não deve, nunca, ultrapassar 220 kgf/cm2. • O kit e cilindro é dimensionado para 220 kgf/cm2 de pressão máxima, • acima desse limite pode acontecer vazamentos no sistema, diminuir • a vida útil do equipamento e provocar graves acidentes. Testes Hidrostático, Hidráulico e NR-13 Para o controle de qualidade executamos testes nos equipamentos de acordo com sua classe de pressão e aplicação. Além da fabricação também realizamos serviços de manutenção em acumuladores de outras marcas e modelos. Toda inspeção é acompanhada por profissionais habilitados em conformidade com a regulamentação vigente no país, é indicado abrir um livro para relatar todas as ocorrências e manutenções do acumulador. A pressão do teste deve ser de acordo com o fluído e classe de pressão do acumulador. Todo acumulador se classifica como vaso de pressão. Segundo a norma NR13, vasos de pressão são classificados em categorias segundo o tipo de fluído e o potencial de risco. • Teste Hidráulico - Verificação de possíveis vazamentos nas vedações. • Teste Hidrostático - Medição de resistência das paredes do cilindro de acordo com a norma de segurança NR-13. Determinações de identificação do acumulador de acordo com a norma NR-13: Fabricante, número de ordem dado pelo fabricante da caldeira, ano de fabricação, pressão máxima de trabalho admissível, pressão do teste hidrostático, capacidade de produção de vapor, área de superfície de aquecimento, código do projeto e ano da edição. Revisão Conforme NR-13 Lembre-se para executar procedimento de manutenção o sistema deve ser desligado e despressurizado. É importante fazer o teste hidrostático nos intervalos determinados para garantir as condições de segurança do produto. Algumas orientações conforme norma NR-13. • Desmontagem completa do acumulador; • Selagem do cilindro para realização do teste hidrostático; • Jateamento com granalha grau as 2-1/2 externamente; • Limpeza interna por decapagem química Dexodil DT “570 (tamboreamento); • Medição da espessura das paredes, registrar conforme padrão NR-13; • Inspeção interna e externa do acumulador, conforme padrão NR-13; • Teste hidrostático com pressão de PMTA, por 30 minutos com registro conforme NR-13; • Bexiga, vida util 3 anos, após esse periodo, troque, não importa as condições; • Limpeza e inspeção da borracha, calibrar com 50 PSI de nitrogênio para verificação de furos; • Inspeção e limpeza do kit de vedação e válvulas; • Executar a montagem dos componentes que serão substituídos conforme procedimento; • Executar teste do conjunto conforme PMTA; • Processo de pintura conforme projeto; Nosso data book acompanha relatórios de inspeção, certificados e teste hidrostático com asinatura de profissionais habilitados e a placa de instalação fornecida em aço inox conforme projeto aprovado pelo cliente. Acumulador Bexiga Esse produto proporciona uma ótima relação custo benefício. Fabricado à partir de uma garrafa de aço sem costura, possui corpo cilíndrico e semi-esférico nas extremidades para montagem da válvula de gás e a introdução da bexiga. A bexiga é o elemento separador entre o fluído e gás, seu tempo de resposta é extremamente rápido. Existem várias funções para a aplicação dos acumuladores de bexiga, a principal é receber o fluído sob pressão num determinado volume e fornecer este mesmo volume para a instalação quando necessário. Os acumuladores operam conforme a Lei dos Gases (Boyle), a pressão varia inversamente com o volume, quando a pressão se eleva, o gás é comprimido e o líquido absorvido imediatamente devolvendo ao sistema o volume na pressão calculada. Para executar procedimentos de manutenção ou leitura de pré-carga, o sistema deve ser desligado e despressurizado. É importante fazer o teste hidrostático nos intervalos determinados para garantir as condições de segurança do produto. Acumulador Membrana O produto perfeito para realizar trabalhos com volumes menores. Fabricado com dois hemisférios usinados que podem ser montados por solda (blindado) ou rosqueados, possui um diafragma flexível de formato especial é fixo pela união dos hemisférios e atua como elemento de separação entre o fluído e o gás. Os acumuladores de membrana operam conforme a Lei dos Gases (Boyle), a pressão varia inversamente com o volume, quando a pressão se eleva, o gás é comprimido e o líquido absorvido imediatamente, devolvendo ao sistema o volume na pressão calculada quando necessário. Para executar procedimentos de manutenção ou leitura de pré-carga, o sistema deve ser desligado e despressurizado. É importante fazer o teste hidrostático nos intervalos determinados para garantir as condições de segurança do produto. Acumulador Pistão Ideal para trabalhos com grandes volumes e variações de temperaturas alta e baixa. Fabricado à partir de um tubo usinado internamente com precisão possui um êmbulo como elemento de separação entre o fluído e o gás. É possivel trabalhar com diversas vedações especiais e usar 100% da sua capacidade interna. Existem várias funções para a aplicação dos acumuladores de pistão, uma das principais é receber o fluído sob pressão num determinado volume e fornecer este mesmo volume para a instalação quando necessário. Com o fluído sob pressão, todo acumulador é tratado como um vaso de pressão e precisa ser dimensionado para a pressão máxima de trabalho conforme o padrão de aceitação do país onde irá operar. Para executar procedimentos de manutenção ou leitura de pré-carga, o sistema deve ser desligado e despressurizado. É importante fazer o teste hidrostático nos intervalos determinados para garantir as condições de segurança do produto. Bexiga ou Balão Reservatório A bexiga ou balão reservatório é o elemento de separação entre o fluído e o gás do acumulador bexiga, esse produto é fabricado em duas versões: padrão e stub end. Podemos usar diversos polímeros na confecção da bexiga. • Buna N • EPDM • Borracha Natural • Borracha Neoprene • Borracha Butil • Borracha Viton A/B O processo de fabricação considera sua capacidade volumétrica, conexão de gás, pressão, temperatura, fluído e ciclo de fadiga. Para um desempenho superior e prolongar vida útil do produto é recomendado fazer inspeções periódicas de pré-carga. Bloco de Segurança Na maior parte dos circuitos hidráulicos o acumulador é instalado com um bloco de segurança acoplado que exerce duas funções principais. Oferecer segurança à linha caso haja algum pico que ultrapasse as margens de segurança do acumulador e isolar o acumulador do circuito hidráulico. O bloco de segurança é projetado para o fechamento e segurança dos acumuladores ou consumidores hidráulicos. A principal vantagem da instalação do bloco de segurança é o acesso rápido e fácil para serviços e manutenções. Carregador Nitrogênio N² Esse produto torna mais fácil os processos de manutenção, controle e leitura de pré-carga nos acumuladores, embora as perdas sejam mínimas é recomendado fazer uma leitura mensal para garantir a durabilidade e desempenho do produto e seus componentes. Mais informações consulte nosso departamento técnico, clique aqui! Pré-Carga Excessiva: O excesso de pré-carga de nitrogênio não causa problema ou dano operacional no acumulador de bexiga ou pistão. Mas faz com que o acumulador deixe de executar sua função no circuito e pode causar danos no sistema de acordo com a aplicação do acumulador. Pré-Carga Baixa: Uma pré-carga menor que a estipulada em projeto pode danificar a bexiga/membrana, reduzir sua durabilidade ou levar a seu rompimento imediato e em acumuladores de pistão, contribuir diretamente para choques do êmbolo contra a tampa. Kit de Vedação para Acumulador Bexiga O kit de vedação é composto de 01 Anel Bi-Partido, 01 Anel O'ring, 01 Anel Nylon e 01 Anel Teflon. É possível trabalhar com diversos polímeros na confecção da borracha de acordo com o fluído e aplicação do acumulador. • Buna N • EPDM • Borracha Natural • Borracha Neoprene • Borracha Butil • Borracha Viton A/B Atenção: Vazamentos de fluído podem ocasionar danos e mal funcionamento do acumulador, é recomendado fazer as manutenções preventivas e o monitoramento do ciclo de fadiga. Válvula de Fluído Esse produto conecta o acumulador ao circuito hidráulico e manter suas condições de uso torna-se essencial para o funcionamento correto do acumulador. Realize as manutenções de acordo com o ciclo de fadiga da instalação. Acessórios e Peças de Reposição para Acumuladores Executamos projetos de reforma e manutenção em acumuladores de outras marcas e modelos. Encontre acessórios e peças para reposição, mantenha seu equipamento funcionando corretamente. Faça as manutenções preventivas e corretivas para garantir o desempenho do circuito hidráulico. Abraçadeira Chave de Válvula Protetor de Bico Adaptador Carregador N² Etiqueta de Identificação Protetor de Núcleo Adaptador Válvula Mola de Compressão Suporte de Apoio Anel Bi-partido Núcleo de Válvula Válvula de Assento (Haste) Anel Nylon Parafuso Dreno Válvula de Pré-carga Anel O'ring Porca Castelo Válvula Rual 9914 Anel Teflon Porca Parlock Válvula Rual Construída Assento da Válvula Stub End Skids para Acumuladores O Skid é um equipamento desenvolvido para circuitos com grande capacidade de volume. O produto é projetado para atender à necessidade do projeto. Esse produto permite uma ligação seqüencial e a utilização de vedações especiais para diversas pressões e funções. Para uma solução de alto desempenho nosso Skid possui ligações, tubulações, válvulas de bloqueio e segurança individuais para executar sua função no circuito hidráulico. Cilindros de Gás Natural - GNV Esse produto é resistente para suportar as altas pressões no abastecimento e armazenagem do gás natural (GNV) com segurança e ao mesmo tempo leve e compacto para ser instalado no seu veiculo. Produto fabricado de acordo com as normas ISO 9809-I, ISO 11439, NBR 12790 e outras. É importante fazer o reteste no cilindro para garantir as condições de uso e segurança do produto. Reteste de Cilindros de Gás Natural - GNV A requalificação do cilindro de GNV deve ocorrer em períodos de 5 anos. Fazendo a manutenção do cilindro é possivel usar o produto por um tempo médio de 15 à 20 anos de acordo com o projeto. Trabalhamos em conformidade com a norma NBR 12274 e somos certificados INMETRO. Mais informações consulte nosso departamento técnico, clique aqui! Alguns cuidados básicos com o cilindro de GNV. • Nunca tente transferir gás de um cilindro para outro. • Evite a exposição do cilindro a qualquer fonte de calor ou soldas. • Não expor o cilindro a produtos corrosivos. • Nunca mexa nos dispositivos de alívio ou segurança. • Instalação ou remoção do cilindro deve ser realizada por instalador registrado no Inmetro. Cilindros Gases do Ar Produto versátil para armazenamento de gases comprimidos à alta pressão. É importante fazer o teste hidrostático nos intervalos determinados para garantir as condições de segurança do produto. Normas de fabricação ISO 9809-I, NBR 12790, NBR 12791 e outras. Cilindros Cloro Esse produto é ideal para enfrentar os mais diversos ambientes de trabalho com segurança e resistência, normas de fabricação ISO 9809-I, NBR 12790 e NBR 12791. Cilindros CO² O CO² possui uma ampla aplicação nos processos indústriais como bebidas carbonatadas para dar-lhes efervescência, em extintores de incêndio para isolar o oxigénio do combustível. Esse produto atende as normas de fabricação ISO 9809-I, NBR 12790, NBR 12791 e outras. É importante fazer o teste hidrostático nos intervalos determinados para garantir as condições de segurança e uso do produto. Cilindros Amostradores O cilindro amostrador ou tomador de amostra é destinado para coleta de fluídos e gases comprimidos .Esse produto é fabricado em aço inox 304L ou 316L, polido externamente e jateado internamente, sem costura ou soldas possui uma rosca em ambas as extremidades para conexão da válvula. Potes para Instrumentação Esse produto é desenvolvido de acordo com a norma de fabricação ASME VIII Div. 1, N-839 (Petrobrás). Produto exclusivo e sem solda, conheça nosso processo de fabricação exclusivo que elimina diversas etapas de produção e ensaios de alto custo. Selagem - produto aplicado em locais com altas temperaturas e quando variações bruscas de pressão na linha podem provocar uma vaporização instantânea diferenciada nas linhas de impulso ou em outros casos especiais. Podem ocorrer momentaneamente diferenças de altura hidrostáticas nas linhas de impulso. Inicialmente os potes de selagem foram aplicados em instalações que o transmissor apresentava um certo deslocamento. A finalidade era fazer com que o deslocamento correspondesse à uma variação desprezível nos níveis do condensado em cada linha de impulso, sendo a área interna dos potes muito maior que a dos tubos de impulso. Gás - produto desenvolvido para auxiliar as medições de líquidos com bolhas de ar, ou que desprendam vapores. Fabricado com tubo SHC, tem de 1.1/2" à 2" de diâmetro, 150 a 200mm de comprimento e classe adequada com a pressão do processo. Colocado na vertical sua extremidade inferior tem uma conexão roscada e a extremidade superior uma válvula agulha de 1/4". Embora seja uma possibilidade de instalação, a colocação do transmissor de pressão diferencial acima da linha, pode exigir purga periódica do gás nos potes no caso de líquidos. Condensação - produto usado em medições de gases úmidos, recolhe possíveis condensações e evita que sejam formadas colunas hidrostáticas nas câmaras do transmissor. Fabricado com tubo SCH possui 3/4" à 3" de diâmetro, é instalado de forma concêntrica tendo respectivamente 300 e 500mm de comprimento. Sua extremidade superior e lateral podem ter conexões roscada e a extremidade inferior uma válvula de dreno. Caso a pressão do gás seja baixa, 50 kgf/cm2, é possível prever a altura do pote, formando assim, um selo com descarga contínua. Reservatório de Ar Os reservatórios de ar podem atuar como amortecedor de pulsação e separador de condensados. Armazenamento de ar comprimido para suprir o sistema em picos de consumo ou evitar oscilações de pressão na rede estabilizando a distribuição de ar. Esse produto é aplicado para regular o ciclo carga/alívio dos compressores e realizar as funções como: compensação de flutuações na pressão, dreno e tratamento do ar comprimido que alimenta os atuadores de comutação rápida. Vasos de Pressão Esse produto é desenvolvido de acordo com a norma de fabricação ASME VIII Div. 1, N-253 (Petrobrás). Produto exclusivo e sem solda, conheça nosso processo de fabricação exclusivo que elimina diversas etapas de produção e ensaios de alto custo. A principal função dos vasos de pressão é armazenar fluídos à pressões diferentes da atmosférica, seu uso é fundamental em diversos processos industriais. Por regra todo reservatório não importa a dimensão, tipo ou finalidade não sujeito a chamas é considerado um vaso de pressão. Brasil Energia - É a revista mais influente e premiada do setor no Brasil. Circulação entre assinantes, bancas e redes de livrarias do país. www.brasilenergia.com.br Energia Hoje - Site de notícias com estatísticas e serviços do setor energético, cobertura jornalística que conta com duas transmissões diárias por newsletters. www.energiahoje.com Guia de Negócios Bacia de Campos (GNBC) - Publicação anual, bilíngüe (português/inglês) com tiragem de 10mil exemplares está disponivel em bancas de jornal e revista de Macaé. www.gnbc.com.br Guia OIL & GAS Brasil - Informações sobre fornecedores de produtos e serviços em várias regiões do Brasil com mais de 7.500 empresas cadastradas em diversas atividades. www.guiaoilegas.com.br NN A Mídia do Petróleo - Newsletter postada diariamente para mais de 30 mil leitores inseridos no mercado petrolífero e atinge 5.500 empresas no Brasil e exterior. www.euleionn.com.br Portal Gui@offshore - O Guiaoffshore alcançou em 2010 o numero de 336.338 visitas, resultando mais de 1 milhão de exibições com tempo médio de visitação de 2,54 minutos (Google Analytics). www.guiaoffshore.com.br Reportero Industrial - Y la revista Reportero Industrial son publicaciones dirigidas a profesionales latinoamericanos de la industria. Forman parte de un portafolio de publicaciones impresas y en internet de la compañía B2Bportales, Inc., subsidiaria del grupo empresarial Carvajal. www.reporteroindustrial.com Revista NEI - Pioneira na indústria e alcança mais de 58 mil especificadores e compradores industriais, sendo a líder de preferência desses profissionais como fonte de informação sobre novos produtos e fornecedores. www.nei.com.br TN Petróleo - A mais importante mídia impressa do setor de petróleo, gás e biocombustíveis no Brasil. Única mídia especializada no setor que há 13 anos está acompanhado seu crescimento. www.tnpetroleo.com.br